Novos mercados inovam ao apostar nos serviços de assinatura

Existe uma gama de serviços que são baseados no modelo de assinatura, seja as plataformas de streaming, seja os clubes de vinho, de livros, produtos de beleza, de alimentos orgânicos e até meios de hospedagens. Esse mercado movimenta cerca de US $10 bilhões por ano nos EUA e mais de R$ 1 bilhão no Brasil. A estimativa é que em 2023 chegue a 75% das empresas. Os dados são do Novarejo e do e-commerce Brasil. A perspectiva do mercado é tão boa que segmentos diferentes estão inovando ao apostar neste modelo de negócio.

Veja também: Serviços por assinatura chegam aos meios de hospedagem

Bares e restaurantes

A primeira adesão vem lá dos Estados Unidos, da rede de fast food Panera Bread, que recentemente lançou seu programa de assinatura de café, ou seja, o cliente paga US $ 8,99 por mês e tem acesso ilimitado ao café. A única regra é a frequência que a pessoa pode pegar o café, que tem que ser uma vez a cada duas horas. O modelo, inclusive, permite uma nova abordagem do programa de fidelidade e está influenciando outras cadeias de fast food.

No mesmo segmento, o restaurante também americano Lynhall lançou o seu serviço de assinatura chamado Lynhall Club. Com vários planos, que vão de US $25 a US $80 por mês, o clube proporciona experiências gastronômicas exclusivas e especialmente selecionadas. Já o restaurante Omar’s La Boite, adotou um modelo de assinatura muito bem planejado que é voltado para atrair a geração Millennial ou consumidores que desejam exclusividade, luxo e um pouco de diversão. Os preços começam em US $1.500 anuais e podem ser comprados on-line. O assinante tem acesso a coquetéis, menus especiais de jantar com vários pratos, bem como música ao vivo e DJs.

Assinatura fashion

O mercado da moda também está inovando com o modelo de assinatura. Uma marca grande e luxuosa como a Ralph Lauren, adotou recentemente este modelo e lançou o serviço ‘The Lauren Look‘, que permite que os consumidores experimentem e se envolvam com a marca por meio de um novo canal. As assinaturas começam em US $125 por mês, permitindo que os consumidores selecionem um armário personalizado com novos looks da marca.

Já a Vista-me é um serviço de assinatura mensal e on-line de consultoria ou curadoria de estilo através de uma caixa com peças de roupa personalizada. Com base nas informações pessoais do assinante, são desenvolvidos looks para compor a caixa que será enviada ao cliente, que tem 2 dias para provar as peças e escolher se vai ficar com elas ou não.

Carros por assinatura

Por último o serviço de carros por assinatura. Diferente das locadoras de veículos, esse serviço liga as próprias montadoras ao consumidor. O modelo está sendo testado no mercado brasileiro desde o ano passado e tem planos de assinaturas de carros zero para todos os gostos e bolsos. Há ofertas de carros compactos, como o Fiat Mobi, de super luxo, como o Audi RS5, e até elétricos da Tesla. Os preços dependem do modelo escolhido, prazo de contrato, que pode variar entre um e três anos, e da quilometragem a ser rodada por mês. Além da mensalidade, o assinante só precisa se preocupar com gastos com combustível e eventuais multas.

Modelos de assinatura só crescem e naturalmente estão sendo inseridos em vários segmentos das nossas vidas. A provocação que fica é: como o seu negócio pode diversificar e inovar nessa área?

*Imagem destacada: Facebook do restaurante The Lynhall

Agência de tendências que tem o objetivo de tornar o futuro acessível para os pequenos e médios negócios.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store